Como Legislativo deve Fiscalizar

Licitações Públicas


Atenção: Este curso já foi realizado. Clique aqui para ver os próximos cursos agendados.

Público Alvo

Todos os servidores públicos e equiparados da Administração Direta e Indireta, que estejam atuando no objeto do estudo, bem como, os agentes políticos municipais.


Legislativo

Programação

  • 1

    O Processo Licitatório Municipal



    1 Regras Básicas:

    a) Fundamentação, objetivos e princípios
    b) Modalidades
    c) Tipos
    d) Procedimentos
    e) Fases
    f) Recursos
    g) A comissão de licitação e o pregoeiro
    h) Os Pareceres

    2 Pontos Polêmicos:

    a) Controvérsias na habilitação
    b) O uso ou não de lotes
    c) O julgamento
    d) Pareceres jurídicos
    e) A validade da proposta
    f) A convocação do segundo colocado
    g) Contagem de prazos
    h) Indicação de marca e homologação prévia
    i) Exequibilidade das propostas
    j) Carona (adesão à ata)
    k) Penalidades administrativas licitatórias
    l) O ato homologatório
    m) Anulação ou revogação do certame

  • 2

    Irregularidades Recorrentes nas Licitações e Contratos



    1 Nas Licitações:

    a) Falta do procedimento
    b) Fracionamento de despesas
    c) Dispensa ou inexigibilidade indevida
    d) Restrição da competição (direcionamento)
    e) Preços superiores aos de mercado
    f) Comissão de licitação
    g) Ausência de publicação
    h) Descumprimento de prazos recursais
    i) Ausência de projeto básico
    j) Ausência ou falha na pesquisa prévia de preços
    k) Não obtenção do número mínimo de licitantes
    l) Inobservância de cláusulas essenciais do edital
    m) Ausência de informações essenciais (numeração, indicação do crédito orçamentário, etc.)

    2 Nos contratos:

    a) Alterações indevidas de projetos e especificações
    b) Irregularidades graves na administração do contrato
    c) Irregularidades concernentes ao aspecto ambiental
    d) Sub-rogação/subcontratação irregular de contrato
    e) Medição/pagamento de serviços não realizados
    f) Aditivos indevidos
    g) Falhas/omissões nos recebimentos

    3 Principais Ações fraudulentas em licitações
    4 Estatística da identificação das fraudes(quem descobre)

  • 3

    O Poder Legislativo Municipal e a Fiscalização



    1 Como é esse Poder no Brasil?
    2 Quais são suas Principais Atribuições?
    3 O que o povo espera desse Poder?
    4 A importância do Controle (interno e externo)
    5 Poder/dever Fiscalizador da Câmara Municipal

    6 Canais de fiscalização:

    a) Pedidos de Informação
    b) Convocação de autoridades
    c) Investigação (CPI)

    7 Apoio externo na fiscalização:

    a) Tribunais de Contas (TCE e TCU)
    b) Ministério Público
    c) Participação Popular
    d) Judiciário
    e) Outros órgãos de apoio à fiscalização

    8 Vereador(a) não pode ser punido(a) por fiscalizar (inviolabilidade/imunidade)

    9 Responsabilizações oriundas da Fiscalização pela Câmara:

    a) Cassação de mandato (contas desaprovadas e infração político-administrativa)
    b) Declaração de ato ímprobo (remessa ao Judiciário)
    c) Acusação de cometimento de crimes (remessa ao Judiciário)
    d) Exigência de ressarcimento ao erário (remessa ao Judiciário)

  • 4

    Palestra Aula: Poder Fiscalizador do Legislativo: “Freios e Contrapesos”



    Marcelo Quentin
    Marcelo Quentin

    Magistrado do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná - Especializado em Direito Processual Civil e Direito Constitucional

Data de Realização
21, 22 e 23 de Março de 2018
Local
Sede Unipública
Endereço
R. Des. Clotário Portugal, 39 - Centro, Curitiba - PR, 80410-220
Carga-Horária
12 horas
Tipo de Curso
Presencial
Investimento
R$ 790,00
Hotéis conveniados

Cursos Online

Pós-graduação